sexta-feira, 16 de setembro de 2011

JOGO SEM HISTÓRIA NUMA VITÓRIA FÁCIL DOS ALL BLACKS

JOGO SEM HISTÓRIA COM VITÓRIA DA NOVA ZELÂNDIA sobre o Japão por 83-7, deixando bem clara a diferença que existe entre as melhores equipas do mundo e as que tentam escalar os degraus do ranking  da IRB.

Os All Blacks chegaram facilmente aos 38-0 registados ao intervalo, com seis ensaios marcados, e a defesa do Japão nunca foi capaz de impedir o desenvolvimenteo dos ataques das linhas atrasadas dos campeões do mundo de 1987 - deu sempre a sensação de faltarem jogadores na equipa japonesa...

Mas não se julgue que a fartura no resultado significa que os problemas de ordem individual que os Blacks mostraram no jogo com Tonga foram ultrapassados, pois os erros de manuseio repetiram-se de forma inexplicável.

Claro que os jogadores de preto estiveram sempre descontraídos - afinal a diferença entre as duas equipas é tão grande que outra coisa não seria de esperar - mas há falhas que não se admitem em jogadores e equipas deste nível.

A segunda parte foi a continuação do domínio da Nova Zelândia, apenas com alguns momentos em que o Japão conseguiu chegar à zona defensiva adversária, com destaque para o minuto 58 quando Hirotoki Onozawa interceptou um passe e marcou o ensaio que resgatou a honra japonesa!

Mas a caminhada da equipa da casa continuou sem grandes precalços e o resultado foi engordando até ao apito final.

Veja os quadros actualizados na etiqueta respectiva abaixo do cabeçalho deste blog.

REGRESSAR AO PORTAL MÃO DE MESTRE

Sem comentários:

Publicar um comentário