quinta-feira, 22 de setembro de 2011

SPRINGBOKS PASSEIAM FRENTE A NAMÍBIA

NUM PASSEIO PELO PARQUE A ÁFRICA DO SUL DERROTOU A NAMÍBIA por expressivos 87-0, marcando uma dúzia de ensaios, todos eles transformados.

Foi um jogo sem história, que os Springboks disputaram a meio gás, mas a que a Namíbia não foi capaz de responder, afundando-se perante o poder do adversário.

A Namíbia disputou o seu 14º jogo em quatro mundiais (não participou nos três primeiros, em 1987, 1991 e 1995) e continua sem conseguir fugir às derrotas e aos resultados pesados - no total das suas participações acumula 735 pontos sofridos.

Na outra ponta da lista estão os sul-africanos, que continuam na busca de um terceiro título mundial, com três vitórias nos três encontros já disputados, apesar das evidentes dificuldades por que passaram frente ao País de Gales - no total das suas participações (a primeira foi em 1995) a África do Sul disputou 27 jogos, tendo ganho 24 e apenas cedendo em três ocasiões, uma das quais ainda na fase de qualificação, frente à Inglaterra, em 2003.

 Brian Habana e Jacque Fourie, com o ensaio cada, continuam na liderança da lista dos melhores marcadores sul africanos em Campeonatos do Mundo, com nove conseguidos, enquanto o talonador e capitão da equipa John Smit passou para a frente da lista das internacionalizações, com um total de 109, e é um dos três homens a capitanear uma seleção nos Mundiais de 2007 e 2011, juntamente com Richie McCaw (NZ) e Brian O'Driscoll (IRL).

Sem comentários:

Publicar um comentário